Arquivo da tag: filme

Força na peruca!

Eis que Cameron Diaz resolveu mudar o visual e apareceu assim:

  

Mas é cabeçuda, hein, pela mãe do guarda! E daí que eu acho que é efeito do término com Justin Timberlake – todo mundo que termina com ele acaba ficando careca. Lembra da Britney? Então, e em breve será a vez de Kate Hudson.

2 Comentários

Arquivado em pica murcha, pior que apanhar na rua, só se fala em outra coisa

“Dei tudo de mim”, garante Leila Lopes

Desde que voltou do limite da morte, a atriz Leila Lexotan Lopes não pára de subir rumo ao Olimpo das celebridades classe D. Como uma fênix midiática, nossa musa LLL tem galgado degrau a degrau sua escalada. O lançamento de Pegados e Dedações Pecados e Tentações, primeiro filme erótico de sua carreira, foi o ponto alto da retomada.

 
“Dei tudo de mim, me dediquei muito, incorporei o Bazuca a Marlene”

Leila estava radiante no evento, e sua simpatia enchia os salões do Bar Brahma. A atriz foi muito solícita e contou detalhes dos bastidores. Falou, por exemplo, que escolheu “o Carlão porque viu nele um carinho com as parceiras, um romantismo que ela procurava. E também por causa do físico dele“. Dizem que o ‘físico’ tem 22 centímetros.

Mas nem tudo é prazer, mesmo numa produção erótica. A protagonista do filme ressalva: “Mas por mais que o Carlão seja educado e gentil, não deixa de ser um estranho. Depois que voltei a ser a Leila Lopes eu chorei muito, porque nada mais me lembrava não estou acostumada a ‘ficar’“.

 

 

12 Comentários

Arquivado em não posso deixar de perder, só o CTRL + S salva!, só se fala em outra coisa

Caridade tem limite!

Depois de ter sido visto num bar gay em Miami, na companhia dos colegas Ewan McGregor e Jim Carey, o Rodrigo Santoro mandou dizer que é só laboratório para um novo filme. Mas aí, não mais que de repente, ele é flagrado nessa situação:

“É que eu sempre tive o dedo podre para escolher as companhias”

O fenômeno do ‘dedo podre’ foi descrito pela primeira vez por Adriane Galisteu, que através desta maldição justificou seus namorados, um pior que o outro. E a prova de que Rodrigo Santoro padece do mesmo mal é Luana Piovani e Ellen Jabour que, entre pegar o Carey e o McGregor, ele escolheu o careteiro!


“Esse…                                                           …ou esse?

Huummm, posso pensar?”

PS: A contra-gosto o Pica admite: Santoro e Carey de braços dados é cena de filme, mas o resto é tudo verdade!

Deixe um comentário

Arquivado em 'Não' com viés de 'Nem fodendo', pela piada, só se fala em outra coisa